Profissão de cuidador(a)

Todos precisam de um pouco de ajuda de vez em quando e, embora muitos idosos se apoiem nos amigos e familiares, pode haver alguns casos em que seja necessário buscar assistência adicional ou cuidado de longo prazo. Qualquer idoso que precise de uma ajudinha extra em sua vida diária pode se beneficiar dos serviços de um cuidador familiar, mas nem sempre está disponível para cuidados de longo prazo. Nesse caso, um cuidador sénior domiciliar de plantão particular é a segunda melhor opção. Esses profissionais podem ser a resposta perfeita para quem precisa de assistência em aspectos não médicos de sua vida, que se tornaram desafiadores com o envelhecimento.

Bolo de pote ou Bolo no pote – Volta Redonda

PRINCÍPIOS BÁSICOS DO CUIDADOR

“Cuidador” é um termo geral que se refere a qualquer pessoa que cuida de uma pessoa que precisa de ajuda extra. Isso pode significar um cuidador familiar, um cuidador temporário, um cuidador domiciliar ou um cuidador principal, para citar apenas alguns. No contexto de cuidados a idosos, este título de trabalho normalmente se refere a um cuidador domiciliar particular ou cuidador sênior.

Doceira- Volta Redonda

Como o nome sugere, os cuidadores domiciliares privados realizam atividades relacionadas a cuidados em casa e cuidados pessoais, geralmente relacionadas à vida cotidiana e aliviam a sobrecarga de cuidador de um membro da família. Esses profissionais não trabalham sob a direção de um médico ou enfermeiro e não são normalmente considerados profissionais de saúde, embora haja algumas exceções. Por exemplo, um cuidador domiciliar também pode realizar fisioterapia ou outros serviços de saúde.

Aliviando o fardoDa direção à limpeza e até mesmo simples companhia, cuidadores domiciliares de plantão particular, também conhecidos como acompanhantes de dever particular ou trabalhadores de assistência domiciliar de plantão particular, têm a missão de tornar a vida cotidiana mais fácil, segura e confortável para idosos que ainda estão médica e fisicamente aptos o suficiente para morar em casa.

O escopo de trabalho desses profissionais é amplo e provavelmente irá variar caso a caso, dependendo das necessidades específicas de cada cliente. Em geral, os cuidadores se concentram nas atividades da vida diária (AVD), que incluem banho, higiene, vestir-se, ir ao banheiro, comer e mobilidade corporal (caminhar). Alguns cuidadores podem ir além desse escopo e tocar em diferentes funções básicas de autocuidado, enquanto outros podem ficar limitados à assistência básica nas AVD.

Por engano,as pessoas presumem que não há recursos disponíveis para ajudar nessas tarefas pessoais e, como resultado, encontram-se lutando para cumprir as tarefas que costumavam realizar regularmente. Familiares e amigos podem intervir onde podem, mas, em muitos casos, esse tipo de suporte não é suficiente para cobrir todas as bases necessárias, deixando os idosos sozinhos nas tarefas do dia a dia que podem se tornar cada vez mais difíceis com

 

Whatsapp de cuidadoras de Volta Redonda

Para entrar em contato basta clicar nos links abaixo :

Marinete Cuidadora

Dona Elza Cuidadora

D. Raimunda Cuidadora

D. Evandra

QUEM PODE SE TORNAR UM CUIDADOR?

Regulamentação governamental Os requisitos de licenciamento e educação do cuidador variam de estado para estado. Alguns estados não têm leis específicas nos livros sobre esse tipo de cuidado, enquanto outros têm. À medida que o abuso de idosos se torna mais preocupante, no entanto, essas leis estão se tornando cada vez mais comuns e podem se tornar muito mais específicas e restritivas com o tempo. O objetivo final desse tipo de regulamento, é claro, é manter o paciente seguro. É por isso que é de extrema importância para quem está pensando em contratar um cuidador para fazer sua devida diligência e realizar todas as pesquisas adequadas, verificações de antecedentes e entrevistas antes de contratar um cuidador, mesmo que seja contratado por uma agência. Padrões da Agência de CuidadoresAs agências podem ter suas próprias regras e regulamentos específicos que regem quem eles contratarão ou não para fazer esse tipo de trabalho. Alguns podem exigir educação superior, enquanto outros podem simplesmente exigir experiência. Independentemente de o cuidador escolhido ser um profissional independente ou funcionário de uma agência, ele ou ela deve ser pessoalmente adequado para um trabalho que requer interação próxima com uma população que algumas pessoas consideram particularmente vulnerável. Idealmente, as pessoas que se tornam cuidadores profissionais são unidas por seu senso de compaixão pelas pessoas que precisam de ajuda e pelo carinho pelos idosos. Os cuidadores devem ser capazes de desempenhar suas funções com competência e paciência, sem fazer com que a pessoa sob seus cuidados se sinta assustada, intimidada, envergonhada ou insegura.

DEVO CONTRATAR UM CUIDADOR?

Fatores de motivação Os dois principais fatores de motivação para a contratação de um cuidador são 1) o desejo de independência e 2) a capacidade de ficar em sua própria casa. Embora os lares residenciais possam ser uma ótima escolha para muitos idosos, nem todas as pessoas nessa faixa etária desejam deixar suas casas atuais e se mudar para um ambiente comunitário administrado. Os cuidadores costumam servir como um ponto intermediário entre a independência completa e a vida em uma instituição residencial. Idosos que precisam de ajuda e cuidados extras, mas ainda se sentem confortáveis ​​administrando a maioria de seus próprios assuntos, tendem a prosperar quando estão com o cuidador certo.