cabo submarino ellalink
Categories:

EllaLink Cabo submarino de fibra ótica entre Brasil e Portugal vai beneficiar os usuários de internet

 

 

No dia 1º de Junho foi inaugurado a instalação do cabo de fibra ótica entre Brasil e Portugal chamada de EllaLink que vai oferecer uma internet mais segura e rápida para os usuários brasileiros.

EllaLink é uma plataforma óptica de última geração que oferece conectividade segura de alta capacidade em uma rota transatlântica diversificada exclusiva e de baixa latência, conectando os principais centros terrestres e submarinos da Europa e da América Latina. EllaLink estará pronta para serviço em 2021, fornecendo as primeiras fibras diretas de alta capacidade entre os dois continentes com pontos de presença em Sines, Madrid, Lisboa, Marselha, Barcelona, ​​Fortaleza, São Paulo e Rio e conectividade posterior com os EUA, Europa, Ásia, África e Oriente Médio.

EllaLink

O serviços que os usuários se beneficiarão são :

Serviços de streaming, de nuvem e financeiros, como bancos e bolsas de valores, maior capacidade de tráfego.

Alta velocidade e baixa latência : Esse é o tempo que a informação leva para viajar de um ponto a outro. Isso é muito útil para serviços com alto tráfego de dados e tempo de resposta curto, como jogos online e transmissões ao vivo.

Segurança : A conexão direta entre Brasil e Portugal reduz o risco porque os dados não precisam passar por equipamentos de outros países, como os Estados Unidos.

Benefícios do Uso do WordPress para Empresas

EllaLink terá 6.000 quilômetros de extensão

A cerca de 6.000 quilômetros, EllaLink saiu de Fortaleza, para onde também foram enviadas mensagens de São Paulo e do Rio de Janeiro. Também há links com a Guiana Francesa. O cabo vai da capital do estado do Ceará à cidade portuguesa de Sines, que por sua vez está ligada a Lisboa, Madrid, Barcelona e Marselha por cabos terrestres. No Oceano Atlântico, está também ligada a Cabo Verde, Mauritânia e Marrocos, e Madeira e Canárias.

Velocidade

O cabo tem vida útil de 25 anos e deve garantir uma comunicação mais rápida entre todos os continentes. De acordo com a EllaLink, a empresa que o construiu, ele foi projetado para fluir a 72 megabits por segundo (Tbps). No entanto, as mudanças durante a fase final de instalação aumentaram o número para 100 Tbps. Desde 2014, outros cabos de alta capacidade como o EllaLink foram instalados entre a América do Sul e a América do Norte. Porém, por outro fator, os novos cabos entre Brasil e Portugal os ultrapassaram.

O tempo que leva para que informação chegue na ponta ao outro da EllaLink é menos de 60 milissegundos, também chamado de latência. 

Quem é o dono do WhatsApp ?

 

Fonte : https://ella.link/